Make your own free website on Tripod.com

Igreja do Evangelho Quadrangular em Coelho da Rocha

Página Principal | Palavra do Pastor | Ministério | A Palavra De Deus | A História Da Igreja | Louvor E Adoração | Nossos Links | Fale Conosco | Especial

A História Da Igreja.

Aqui a História, a Doutrina e o Estatuto da Igreja do Evangelho Quadrangular.

simboloieq4.jpg

eq_logonovo.gif

**** **** **** ****

logo50anos.jpg

A fundadora da Igreja do Evangelho Quadrangular.
aimee01portal.jpg
Aimée Semple McPherson

Quadrangular: pregando a verdadeira mensagem da cruz.

O nosso Pastor em Coelho da Rocha
foto_050805_001.jpg
Pastor Sá Freire em seu escritória pastoral.

A História da Igreja do Evangelho Quadrangular
 

Durante a grande campanha na cidade de Oakland, na Califórnia, no ano de 1922, Aimée Semple McPherson foi inspirada a chamar sua mensagem de "QUADRANGULAR". Esta 1he foi revelada enquanto pregava sobre a visão de Ezequiel, dos quatro querubins com quatro rostos que simbolizavam o quádruplo ministério do Senhor Jesus Cristo:

"O SALVADOR, O BATIZADOR COM O ESPÍRITO SANTO, O GRANDE MÉDICO, E O REI QUE HÁ DE VOLTAR".

A sua mensagem nunca mudou, mas recebeu nova ênfase quando ela começou a proclamá-la com o nome dado por Deus: "O EVANGELHO QUADRANGULAR".

No mesmo ano, na cidade de Los Angeles, Aimée Semple McPherson comprou um terreno e começou a construção do templo Sede Internacional (Angelus Temple) . Foi um passo de fé, porque ela tinha apenas cinco mil dólares e a planta do templo que Deus 1he dera. No primeiro dia de janeiro de 1923, com a capacidade para mais de cinco mil pessoas, o templo foi consagrado. Irmã McPherson dirigia pessoalmente vinte e um
cultos por semana, e as novas dependências do templo já não podiam acomodar a multidão que chegava em massa para ouvi-la. Nos primeiros cinco meses, mais de 7.000 pessoas encontraram a salvação em Jesus e 1.200 foram batizadas nas águas.

Mais tarde a fundadora escreveu o seguinte comentário: "O fato de que nos enfatizamos a importância da salvação das almas perdidas em nossas reuniões, junto com a manifestação do Espírito Santo, para realizar milagres, levou Angelus Temple a ser conhecido, durante os primeiros três anos abençoados, como "A IGREJA DO AVIVAMENTO CONTÍNUO".

Aimée Semple McPherson foi fiel a visão de evangelização mundial que Deus 1he deu. Trinta e três dias depois da consagração do templo sede internacional, no dia 6 de fevereiro de 1923, os primeiros alunos do Instituto de Treinamento Evangelístico e Missionário iniciaram seus estudos. Em pouco mais de um ano, o número cresceu tanto que foi necessário realizar as aulas num salão que comportava 500 pessoas. O número continuou a aumentar até que, em 1926, foi inaugurado um edifício de quatro andares para o uso do Instituto Bíblico LIFE BIBLE COLLEGE, dedicado ao ensino da Palavra de Deus, e no preparo de obreiros.

Nos primeiros cinco anos, houve uma média constante de 1.000 alunos, estudando e preparando-se para a obra do Senhor. "Orai sem cessar", diz a Palavra de Deus e, em obediência a essa mandamento, irmã McPherson consagrou uma sala especial do Templo para esse fim. No dia 18 de fevereiro de 1923, com uma equipe de trezentos e sessenta e oito pessoas, cada uma orando um período de duas horas por semana, a Sala de Oração começou a funcionar; com os homens orando durante as doze horas da noite e as senhoras nas horas do dia.

Desde então tem sido contínua vinte e quatro horas por dia, com uma média de 13.000 pedidos mensais que chegam de diversos lugares do mundo. Deus continua a responder a oração da fé com milagres e maravilhas.

Aimée Semple McPherson consagrou a Rádio KFSG, em 6 de fevereiro de 1924. Era a primeira emissora de rádio pertencente a uma igreja, nos Estados Unidos, e a terceira emissora em Los Angeles. Ainda hoje, a rádio KFSG proclama a Palavra de Deus através da música evangélica e mensagens, vinte e quatro horas por dia. Além do seu ministério de pregação e ensino da Palavra de Deus, Aimée Semple McPherson também foi autora de vários livros, de cento e cinco hinos e treze óperas sagradas, tudo feito para exaltar o nome e a Pessoa do Senhor Jesus Cristo.

O seu ministério terminou em 27 de setembro de 1944, enquanto ela estava em plena campanha em Oakland, a mesma cidade onde recebeu a visão do Evangelho Quadrangular. O seu filho, Rolf K. MrPherson, assumiu a liderança dessa grande organização.

Atualmente a Igreja do Evangelho Quadrangular está estabelecida em 63 países, com milhares de templos, mais de 100 Institutos Bíblicos e cerca de quatro milhões de membros em todo o mundo.

Por Que Evangelho Quadrangular?

O EVANGELHO QUADRANGULAR é o evangelho ou doutrina que nos dá preceitos espirituais e conhecimento verdadeiro de nosso glorioso Senhor, a mais formosa mensagem do mundo, apresentando algo de excepcional e que vem satisfazer aos mais altos anseios espirituais do indivíduo.
Porque há 4 Evangelhos no Novo Testamento? Porque Mateus, Marcos, Lucas e João apresentam o Senhor Jesus Cristo de um ponto de vista diferente, a saber: Jesus Cristo - o Rei, Jesus Cristo - o Servo, Jesus Cristo - o Filho do homem e Jesus Cristo - o Filho de Deus. Embora haja um só Evangelho, quatro são os principais benefícios que Jesus Cristo providenciou para a humanidade, no Calvário. (João 19:30)
O Evangelho Quadrangular então é uma mensagem que apresenta:



1. JESUS CRISTO, o SALVADOR:para o mundo amaldiçoado por causa do pecado, e enganado por Satanás, LUCAS apresenta Jesus Cristo como "Filho do Homem", para a salvação da alma.


2. JESUS CRISTO, o BATIZADORcom o Espírito Santo e fogo, para um aigreja tímida e fraca. JOÃO apresenta Jesus Cristo como "Filho de Deus", para batizar e abençoar o espírito do homem.


3. JESUS CRISTO, o GRANDE MÉDICO: para a humanidade moribunda e doente,tanto no espírito como no corpo. MARCOS apresenta Jesus Cristo como "Servo de Deus", para cura divina do corpo do homem.


4. JESUS CRISTO, o FUTURO REI: de paz para o mundo cansado de guerras, lutas, cobiça, ódio e sofrimento. MATEUS apresenta Jesus Cristo como "REI QUE HÁ DE VIR".

O nome "IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR" está baseado nos quatro principais benefícios do Calvário: Salvação, Batismo no Espírito Santo, Cura Divina e Segunda vinda de Nosso Rei (Jesus Cristo).

O Evangelho Quadrangular é semelhante a um cintilante arco-íris de promessa com quatro cores significativas da pura e branca "LUZ DO MUNDO" - Jesus Cristo. (João 8:12).

Decompõem-se na Cruz do Calvário contra as nuvens tempestuosas do pecado, doença e morte, formando um lindo arco-íris de esperança - um arco que mede a Dispensação do tempo - desde o Gênesis ao Apocalipse, e vem pousar na Cidade Celestial, que "é quadrangular", (Apoc. 2l:16 Edição Atualizada).

Pode-se comparar o Evangelho Quadrangular a uma jóia com quatro facetas principais, além de muitas outras. È uma jóia de rara beleza, e que encerra simbolismo em suas cores diversas:

1. Escarlate brilhante, para a salvação da alma.
2. Ouro faiscante, para o batismo no Espírito Santo.
3. Azul cintilante, para a cura divina.
4. Púrpura resplandecente, para a vinda do Rei (Jesus Cristo).

O glorioso Evangelho Quadrangular é tão sólido quanto a Rocha sobre a qual está fundado. Permanece firme nos quatro ângulos, sólido, forte, inabalável, inamovível, e quando o céu e a terra tiverem passado, ele ainda estará de pé. Por que? Porque é uma mensagem verdadeira de JESUS CRISTO, que é "O mesmo ontem, e hoje e eternamente". 
                                                          

BANDEIRA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR

Púrpura (roxo)

Azul Claro

Ouro (amarelo)

Escarlate (vermelho)

 

 

O nome "EVANGELHO QUADRANGULAR" veio por inspiração à irmã Aimée Semple McPherson no verão de 1922, quando, numa grande tenda em Oakland, Califórnia, manifestou-se o Espírito Santo de Deus com muito poder. A grande tenda que acomodava oito mil pessoas, estava superlotada, e mais uma grande multidão permanecia ao seu redor. Muitos tinham vindo de longe, e todos os corações estavam famintos da Palavra de Deus. O assunto para a pregação da noite era "A VISÃO DE EZEQUIEL". (Ezequiel: 1-28).

      Eis que ela começou a pregar, e passou a sentir o poder do Espírito Santo de um modo maravilhoso. Em suas próprias palavras, ouçamos o seu testemunho:

      "Minh’alma ficou aterrada! Meu coração sobressaltado! A ofuscante glória desta visão celestial parecia não só encher o Tabernáculo, mas ainda toda a terra.

      Nas nuvens do céu que se enovelavam e se envolviam numa glória de fogo, Ezequiel vira o Ser cuja glória nenhum mortal descrever. À medida que ele contemplava aquela revelação maravilhosa do Ser Onipotente, podia distinguir quatro faces, ou rostos nos quatro querubins: eram o rosto de um homem, de um leão, de um boi e de uma águia.


      No rosto do homem nós vimos o homem dos pesares e acostumado com a aflição, morrendo sobre o madeiro.


      No rosto do leão, contemplamos o Batizador poderoso com o Espírito Santo e com fogo.

      O rosto do boi simbolizava o Grande Removedor de Fardos de Pecados - O mesmo que levou nossas enfermidades e nos afastou as doenças, o qual, em seu amor ilimitado e provisão divina satisfez todas as nossas necessidades.

      No rosto da águia, contemplamos a vinda do Rei, quando Ele vier buscar a noiva que o espera - Sua Igreja.


      É um perfeito Evangelho! Um Evangelho completo para o corpo, alma, espírito e eternidade. Que maravilha e poder, a majestade disso, caindo em forma de cascata por sobre as muralhas do céu, enchendo, inundando e envolvendo o meu próprio ser! Os dedos do Espírito arrebataram as cordas da harpa eólica do meu coração e evocaram uma sublime, maravilhosa melodia semelhante ao som de um grande amém.

      Dentro de minha alma nasceu uma harmonia que foi desferida, desprendida e sustentada sobre cordas plenas, vibrantes, de onde foram destacadas as palavras que saltaram para a vida: EVANGELHO QUADRANGULAR!

      Instantaneamente, o Espírito trouxe o testemunho. Ondas, vagalhões e oceanos de louvor sacudiram a congregação. Levada sobre os ventos impetuosos de um reavivamento do Espírito Santo, essa harmonia que nasceu naquele dia foi levada a cabo pelo mundo. A expressão EVANGELHO QUADRANGULAR que o Senhor me deu, distingue vívida e apropriadamente a mensagem que me fora dada para pregar e tornara-se uma palavra doméstica através de toda a terra."

 

 

simbolosieq1.jpg

Picture of church; Actual size=130 pixels wide

A Doutrina E A Fé
 

Bases Teológicas Da Igreja Do Evangelho Quadrangular

 

Registrados em sua Declaração de Fé, estão os vinte e três princípios bíblicos que constituem o cabedal doutrinário básico da Igreja do Evangelho Quadrangular, a saber : As Sagradas Escrituras, a Divindade Eterna, A Queda do Homem, O Plano de Redenção, Salvação pela Graça, Arrependimento e Aceitação, O Novo Nascimento, Vida Cristã Diária, Batismo e Santa Ceia, Batismo do Espírito Santo, Moderação, Cura Divina, A Segunda Vinda de Cristo, Relações para com a Igreja, Governo Civil, O Juízo Final, O Céu, O Inferno, Evangelismo Pessoal, Dízimo e Ofertas, e Membros.

 

A Base teológica da Igreja do Evangelho Quadrangular, é de tendência arminiana, em contraste à outras coorporações religiosas teologicamente calvinistas.

O Calvinismo (de João Calvino), diz que todos serão salvos, tanto justos como injustos. Deus predestinou a todos à salvação, santos e ímpios. Além de tais afirmações, Calvino dizia ainda que : “Deus predestinou uns para o céu e outros para o inferno” - Perceba a contradição.

 

O Arminianismo (de Jacobus Arminius), diz que todos foram predestinados à salvação “em Cristo”.

O efeito da morte de Cristo na cruz do Calvário(salvação), só opera na vida daquele que crer em Cristo.

O seu destino não é regido por um fatalismo divino, mas depende da sua escolha.

O efeito da salvação é eterno enquanto a pessoa estiver em Cristo. Portanto a Igreja do Evangelho Quadrangular possui uma base teológica, bíblica e histórica.

 

Observe as referências bíblicas abaixo para confirmar a teologia quadrangular :

 

2Co 5.17; Ef 1.4,5,10; Jo 3.3-6.

 

 

Os Quatro Ângulos de Cristo

 

1. A VISÃO DE EZEQUIEL:
Ezequiel 1:1 - 28.

 

Nas nuvens do céu que se enovelavam e se envolviam numa glória de fogo, Ezequiel vira o Ser cuja glória nenhum mortal pode descrever. ã medida que ele contemplava aquela revelaçào maravilhasa do Ser Onipotente, podia distinguir nítidamente, quatro faces, ou rostos nos quatro seres: eram, o rosto de um homem, de um leão, de um boi e de uma águia.

 

1.1 O ROSTO DE HOMEM.
No rosto de homem contemplamos Jesus Cristo, o homem dos pesares e acostumados com a afliçào e morrendo sobre o madeiro. (Is.53:2,2; Jo.19:17,18,30).

 

1.2. O ROSTO DE LEÃO.
No rosto de leão contemplamos Jesus Cristo, o batizador poderoso com o Espírito Santo e com fogo. (Mt.3:11; Jo.14:16,17; At.1:8).

 

1.3. O ROSTO DE BOI.
No rosto de boi contemplamos Jesus Cristo, o Grande Removedor de fardos (de pecados), o mesmo que levou sobre si nossas dores e enfermidades, satisfazendo assim, todas as nossas necessidades.
(Is.53:4,5; I Pe.2:24).

 

1.4. O ROSTO DE ÁGUIA.
No rosto de águia contemplamos Jesus Cristo, o Rei que virá das alturas para buscar a noiva que o espera - a sua Igreja. (At.1:9,10,11 e I.4:16,17).

 

 

Doutrinas do Evangelho Quadrangular

 

Todas as doutrinas do Evangelho Quadrangular são inteiramente baseadas nas Escrituras Sagradas. Nesta lição estudaremos as quatro doutrinas do Evangelho Quadrangular, chamadas doutrinas cardinais.

 

I. PRIMEIRA DOUTRINA: JESUS CRISTO - O SALVADOR

O primeiro rosto que Ezequiel viu foi o "rosto de homem" representando JESUS CRISTO, O FILHO DO HOMEM, como o SALVADOR que foi sacrificado por nós (Joào 1:29; Lucas 19:10).

NOTA: Assim como o povo de Israel, no Egito, foi protegido da morte pelo sangue de um cordeiro sacrificado, assim, também, Jesus Cristo nos protege da morte eterna pelo seu sangue e nos garante a salvaçào (Ex.12:1-7; I Jo.2:2; I Co.5:7).

O Evangelho que nos apresenta esta doutrina é o Evangelho segundo São Lucas, pois, ele nos mostra que: "O FILHO DO HOMEM VEIO BUSCAR E SALVAR O QUE SE HAVIA PERDIDO" (Lc.19:10). Lucas escreveu especialmente para os gregos, cujo ideal era o homem perfeito. Então, ele escreveu seu Evangelho apresentando Jesus, o Filho do Homem, perfeito e ideal no corpo, alma e espírito. O FILHO DO HOMEM é o Verbo que se fez carne é o FILHO DE DEUS. Jo 1:1, 14; 3:16; I Tm 3:16.

* POR QUE O VERBO SE FEZ CARNE?

a. Para ter um corpo para ser oferecido em sacrifício pelo pecado (Hebreus 10:10).
b. Para que o seu sangue pudesse nos remir. ( Hb.9:13,14; 1Pe.1:18,19).
c. Para tornar-se o perfeito e verdadeiro Cordeiro Pascoal (Jo.1:29; Is.53:7; 1Pe.1:19 e 1Co.5:7)
d. Para que o amor de Deus pudesse ser expressado ao máximo para com a humanidade(Jo 1:14; 3:16).

Jesus manifestou aspectos humanos como prova de sua humanidade:

1. A semente da mulher. Gn.3:15.
2. Sentiu dores. Mr.8:31.
3. Teve fome e sede. Lc.4:2; Jo.19:28.
4.
Cansou-se. Jo.4:6.
5.
Foi tentado. Hb.4:15.
6.
Chorou. Jo.11:35.
7. Sentiu pesar. Mt.26:38.

 

LER: Fp.2:7,8; Is.53:2-4.
* O símbolo da salvação é a
CRUZ.
* Observação : " A Cruz está vazia porque CRISTO VIVE!"
* LER: Apocalipse 1:17,18.

 

II. SEGUNDA DOUTRINA - JESUS CRISTO - O BATIZADOR COM O ESPÍRITO SANTO E COM FOGO:

O segundo rosto que Ezequiel viu foi o "rosto de leão", que é símbolo de força e poder, representando JESUS CRISTO como BATIZADOR COM O ESPÍRITO SANTO E COM FOGO. (Mt.3:11; 28:18).

NOTA: O primeiro e o último livro da Bíblia falam de Jesus como leão. A profecia "Juda é um leãozinho" (Gn.49:9) é referente a Jesus, que viria da tribo de Judá. Ap 5:5.

1. A PROMESSA DO ESPÍRITO SANTO. Nas últimos dias de seu ministério Jesus disse: "Convém que eu vá, porque se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas se eu for enviar-vo-lo-ei". (Jo.:7). Porque antes de sua ascensão, Jesus asseverou aos seus discípulos que, dentro de pouco tempo, eles seriam batizados com o Espírito Santo (revestidos de poder).

* Atos 1:5; Lucas 24:49. Esta promessa se concretizou no Dia de Pentecostes (At.2:1‑4).

2. PARA QUEM FOI FEITA A PROMESSA ? Para todos aqueles que cressem, em qualquer época ou tempo; pessoas de qualquer tribo, língua, povo e nação (Joel 2:28,29; Atos 2:38,39).

VERDADE BÍBLICA. A prova (na Bíblia) de que a promessa do batismo com o Espírito Santo, não era só para os apóstolos ou só para o povo israelita, está em que:

1. Um ano após o Pentecostes, em Samaria, os samaritanos receberam o Espírito Santo (At.8:1-24).

2. Oito anos depois do Pentecostes, em Cesaréia um gentiochamado Cornélio, com muitos que ali haviam se ajuntado para ouvir a Palavra de Deus, foram batizados com o Espírito Santo.Atos:10:1-48.

3. Vinte anos depois de Pentecostes, em Éfeso, veio o Espírito Santo sobre uns doze homens daquele lugar, que estavam ouvindo a Palavra. (Atos 19:1-6).

O Evangelho que nos apresenta esta doutrina é o Evangelho de João. Ele foi escrito especialmente para a Igreja. João preferiu mostrar um outro ângulo de Cristo, que não havia sido mostrado nem aos judeus; nem gregos e nem aos romanos. João mostra, então, Jesus Cristo, o Filho de Deus, como o batizador poderoso com o Espírito Santo, para todos os crentes de todas as raças. (Jo 1:32-34).

 

*O símbolo do batismo com o Espírito Santo é a pomba.
LER: Mateus 3:16; João 1:32.

 

III. TERCEIRA DOUTRINA: JESUS CRISTO - O GRANDE MÉDICO

O terceiro rosto que Ezequiel viu foi o "rosto de boi", que é símbolo do suportador-de-cargas, representando JESUS CRISTO, O GRANDE MÉDICO, aquele que suportou em seu corpo as nossas cargas (Mt.11:28-30; Fp.2:7,8; Is.52:14; 53:3-5).

OBS: O boi é manso, obediente e fiel até a morte, sendo, portanto, uma perfeita figura de Jesus Cristo, aquele que foi fiel até a morte, e morte de cruz. Fp.2:8.

O Evangelho que nos apresenta esta doutrina é o Evangelho segundo Marcos, que mostra Jesus Cristo como Servo (nosso Grande Médico). (Mt.10:45). Este Evangelho foi escrito para o povo romano, um povo militar que possuia um certo orgulho em obedecer aos seus superiores. Marcos, então, mostra Jesus como o perfeito servo.

 

LER: Mateus 26:39; João 4:30‑34.

 

1. EVIDÊNCIAS DA CURA DIVINA ATRAVÉS DAS ESCRITURAS:

1.1. Deus fez um pacto com Israel, de que os curaria: Ex.15:26.
1.2. Jesus
foi apontado pelo profeta Isaías como aquele que levou as nossas enfermidades. Is.53:4-5.
1.3. Jesus
deu início ao cumprimento desta profecia no início de seu ministério. Mt.8:16,17.
Davi referiu-se a Jesus como sendo Ele o nosso Médico. Sl.103:3. Mateus relata que Jesus percorria as aldeias e cidades, nÃo só pregando e ensinando, mas, também, curando. Mt.9:35.

1.2. PARA QUEM FOI DADO O PODER DE CURAR ?

Jesus deu o poder de curar aos seus discípulos. Mt.10:1.
a.
Pedro curou. At.9:33,34.
b.
Paulo curou. At.19:11,12.
c. Todos os apóstolos curaram. At.5:12‑16.

Jesus deu o poder de curar a todos os que crerem nele. Mt.16:17,18.
a.
At.9:17,18.
b.
Tg.5:14,15.
c. Tg.5:16.

 

LER: I Pd.2:24; Mt.7:7,8; Mr.9:23; Jo:14:14; II Re.5:1‑19.

OBSERVAÇÃO: O mesmo Jesus que curou durante o seu ministério terreno e no tempo dos apóstolos, cura hoje porque ELE É O MESMO ONTEM, HOJE E ETERNAMENTE (Hebreus 13:8).

 

O símbolo da Cura Divina é o Cálice.
LER: I Co.10:16; Mt.26:42.

 

IV. QUARTA DOUTRINA: JESUS CRISTO ‑ O REI QUE HÁ DE VIR

O quarto rosto que Ezequiel viu foi o "rosto de águia" representando JESUS CRISTO, O REI QUE HÁ DE VIR (At.1:9-11).

A águia é considerada o rei dos pássaros. Com seu olhar penetrante atinge as distâncias dos elevados céus, sobe às nuvens, desce das alturas imensas e carrega os seus filhotes sobre suas asas estendidas. Faz seu ninho nos penhascos mais elevados, e o reveste com a penugem tirada do seu próprio peito. É um símbolo atraente do nosso Rei Futuro, nossa guia-Rei, que tem o seu lar no Supremo Céu e está preparando para nós uma morada no Alto, comprada a custa de sua própria vida. (Jo.14:1-3; Ap.21:9-27).

O Evangelho que nos apresenta esta doutrina é o Evangelho segundo Mateus. Ele apresenta Jesus como o Futuro Rei. (Mt.27:37; Jo.18:37).

Este Evangelho foi escrito especialmente para os Judeus, que há muito esperavam pelo Messias, o legítimo herdeiro do trono de Davi, então, Mateus lhes apresenta Jesus Cristo como o Messias o Rei. (Mt.1:1:1).

 

LER: Gn.49:10; Is.9:7; Jr.23:5,6; Dn.7:13,14.

OBS: O Novo Testamento contém 260 capítulos onde há 318 referências acerca da Vinda de Jesus.

 

1. O anjo Gabriel disse que Ele seria Rei eterno Lucas. 1:30‑33.
2.
O próprio Jesus garantiu que voltaria. Jo 14:2,3; Mateus 24:27; Lucas 12:40.
3.
Os anjos afirmaram que Ele voltaria. AT.1:10,11.
4.
Paulo fala de Sua Vinda. I Ts.: 1:10; 2:19; 3:13; 4:16; 5:23.
5.
Tiago também menciona a vinda do Senhor. Tg.5:8.
6.
Pedro menciona a vinda do Senhor. II Pe.3:10,12.
7. João também fala de Sua vinda. I Jo.3:2; 5:20.

 

OBSERVAÇÃO: A última mensagem de Cristo nas Escrituras é: CERTAMENTE CEDO VENHO (Apocalipse 22:20).

Na sua última revelação Jesus virá com grande glória e poder. Não mais virá como o carpinteiro de Nazaré, coroado de espinhos, mas virá como o REI DA GLÓRIA, em cuja cabeça estará a coroa de honra e glória, em cujas mãos estará escrito o Seu nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES! (Lc.21:27; I Ts.4:16,17; Ap.19:11-16).

 

* O símbolo da Segunda Vinda do Rei é a coroa.
*
LER: APOCALIPSE 19:16.

 

 

 

Visite o site da sede mundial em Los Angeles

Internacional Church of the Foursquare Gospel

"Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente" (Hebreus 13:8)